Organizando a roupa de cama e banho

Atualmente temos cada vez menos espaço e aproveitá-los da melhor forma é a chave para manter tudo organizado.

Pensando nisso, hoje trouxe algumas dicas para organizar a roupa de cama e banho e a primeira delas é mostrando como eu faço aqui em casa.

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 1

Organizei tudo em caixas, pois acredito que essa é a forma mais fácil de manter (basta colocar as peças nas caixas correspondentes). Além disso, fica esteticamente bonito.

Usei caixas de tecido e, para diferenciá-las, fiz etiquetas sinalizando o tipo de produto que vai em cada caixa: toalhas de rosto, jogos de lençóis, mantas, etc. As toalhas de banho ficaram fora das caixas, devido ao tamanho.

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 2

Para quem prefere não usar caixas, o ideal é separar uma parte do armário somente para guardar esses itens e categorizá-los (ex.: toalhas de rosto, lençóis tamanho casal, cobertor, etc.).

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 3

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 4

Uma boa dica para manter tudo organizado é colocar etiquetas para delimitar cada seção, assim fica mais fácil saber onde guardar determinada peça.

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 5

Outra dica interessante é dobrar os lençóis e colocar o conjunto completo dentro de uma das fronhas. Isso facilita muito na hora que você for trocar a roupa de cama.

250314_ORGANIZANDO ROUPA DE CAMA E BANHO_FOTO 6

Espero que tenham gostado das dicas e uma ótima terça-feira à todos!

Não deixe de curtir o blog no Facebook e Instagram! 😉

Checklist para organização de festas

Quem me acompanha no Instagram viu que no final de semana do dia 15 organizei uma festa de aniversário para minha mãe e hoje trago algumas dicas e um checklist para ajudar nessa tarefa.

O primeiro passo é definir a lista de convidados. Nesse caso foi uma festa apenas para a família, assim ficou bem mais fácil saber quantas pessoas eram e não foi necessário pedir confirmação de presença. Saber a quantidade de pessoas que irá na sua festa é fundamental para o planejamento do evento.

Depois disso, é necessário escolher o que será servido, com base no perfil dos seus convidados e no grau de formalidade que você quer dar ao evento.

Como queríamos uma festa bem informal, optamos por servir pizza. Aqui em Florianópolis têm uma empresa (a Festa da Pizza) que vai até sua casa e prepara tudo na hora. Foi muito prático, porque não precisamos nos preocupar com nada. Eles levam o forno, as massas, os ingredientes, os porta-pizzas e ainda duas pessoas para servir tudo.

Há ainda outras opções que podem deixar sua festa muito agradável e, ainda assim, informal. Você pode servir mini-sanduíches, salgados pequenos, canapés diversos. O importante para dar o tom informal é escolher alimentos que sejam fáceis de comer e que não precisem de muito talheres e/ou de uma mesa bem posta, com lugares marcados.

Além das pizzas, também servimos docinhos e o bolo de aniversário. Como só precisava de docinhos, calculei 6 unidades por pessoa. Para uma festa onde serão servidos apenas salgadinhos e docinhos, você pode calcular 10 a 12 salgados e 6 a 8 docinhos por pessoa.

Em relação às bebidas, é importante conhecer um pouco o perfil dos convidados para saber o que gostam de beber. Com essa informação, você pode definir a quantidade e o tipo de bebida. Para facilitar, encomendamos a bebida já gelada. O preço não difere muito e a conveniência de receber tudo gelado compensa.

Como nossa festa seria no salão de festas, analisei o que tinha de estrutura lá e aluguei o que faltava. No nosso caso, foi necessário alugar mais 3 mesas, as cadeiras correspondentes e as toalhas.

Em seguida, é hora de pensar na decoração. Como aluguei toalhas brancas com detalhes pretos, optei por arranjos de mesa com flores brancas.

Para finalizar, é importante definir uma trilha musical a ser tocada durante a festa e é fundamental conhecer um pouco dos seus convidados para escolher músicas que agradem à todos.

Por segurança, no dia anterior à festa entrei em contato com todos os fornecedores e confirmei horário de entrega. Essa é uma dica legal, porque assim, você pode organizar melhor a sua agenda no dia do evento.

Abaixo você encontra um checklist com as tarefas que podem ajudar no planejamento de sua festa.

250214_CHECKLIST PARA ORGANIZACAO DE FESTAS_FOTO 1

O resultado final você confere a seguir.

250214_CHECKLIST PARA ORGANIZACAO DE FESTAS_FOTO 2

250214_CHECKLIST PARA ORGANIZACAO DE FESTAS_FOTO 3

250214_CHECKLIST PARA ORGANIZACAO DE FESTAS_FOTO 4

 

Como se organizar para a declaração do imposto de renda?

Ontem estava arrumando alguns papéis e resolvi organizar os documentos para a declaração do imposto de renda deste ano e achei que seria um bom assunto para tratar aqui para o blog.

Ainda falta um mês para o início do prazo da Receita Federal (normalmente a declaração é feita nos meses de março e abril), mas acredito que deixar tudo pronto facilita a vida e torna mais fácil fazer a declaração sem erros.

Uma dica importante é ter a mão a declaração do ano anterior. Com ela você pode avaliar quais documentos precisa separar e, também, verificar o que mudou em relação à situação atual (o que comprou, o que vendeu, etc.). Além disso, com ela você pode fazer um checklist dos documentos necessários.

Sabendo qual a situação atual, é hora de reunir todos os documentos e comprovantes (NF de compra de um veículo, extrato da conta corrente / poupança, declaração de rendimentos, etc).

Nesse ponto, a minha dica é ter uma pasta somente para esses documentos e concentrar tudo nela. Depois de analisar o que você já tem, verifique o que falta e solicite ao responsável (ex.: você pode requisitar ao departamento pessoal a sua Declaração de Rendimentos)

Organizar os documentos e começar a analisar como preencher a declaração ainda antes de o prazo para o envio estar aberto permite fazer tudo com calma, rever os dados inseridos, fazer simulações em relação aos dependentes e aos tipos de declaração para ter certeza de como vale a pena declarar, qual o melhor modelo de declaração e se os dados estão corretos.

Lembre-se que quanto antes você declarar o seu imposto de renda, mais cedo você receberá sua restituição. 😉

310114_COMO SE ORGANIZAR PARA A DECLARACAO DE IMPOSTO DE RENDA

Organizando os eletrodomésticos com velcro

O post de hoje é super rápido e é só para dar uma dica legal de como organizar os cabos dos eletrodomésticos com velcro.

Recentemente vi essa dica aqui e hoje resolvi aplicar aqui em casa. Adorei o resultado!

300114_ORGANIZANDO OS ELETRODOMESTICOS COM VELCRO_FOTO 1

Basta usar aqueles adesivos com velcro da Command. Uma das partes você cola no plug e a outra parte no produto. Depois é só enrolar o cabo e juntar as duas partes.

Fácil e prático!

Espero que tenham gostado da dica! 😉

300114_ORGANIZANDO OS ELETRODOMESTICOS COM VELCRO_FOTO 2

Organizando uma pequena reforma: pasta inspiração

Há algum tempo atrás, escrevi um post com dicas para quem vai começar uma reforma (reveja aqui) e, ontem, percebi que esqueci de falar sobre a pasta inspiração.

Se você não tem um decorador ou um arquiteto para ajudar em sua reforma, acho que é muito importante ter uma pasta inspiração para aquele cômodo que você deseja reformar.

A ideia é concentrar, em um só lugar, todas àquelas imagens / fotos que poderão servir como base para a sua reforma. Pode ser uma pasta catálogo, uma pasta em seu computador, um caderno no Evernote, ou um mural (a Andrea – do blog Ideias de Estilo- falou sobre o mural de estilo nesse post, o conceito é o mesmo, só mudando o foco dos seus recortes para decoração).

Lembrei disso ontem, quando estava revendo as minhas inspirações para cabeceira da cama, pois estou querendo trocar a minha. Como não sou muito fã de papel, minhas inspirações ficam no Evernote. Assim, bastou procurar a nota com as inspirações de quarto e lá estavam elas.

Isso facilitou muito minha vida e agora já sei o que vou fazer. Como será uma obra DYI, depois mostro aqui no blog como ficou.

Se alguém está procurando inspiração para o mesmo tipo de projeto, deixo abaixo, as imagens que eu tinha no Evernote.

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 1

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 2

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 3

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 4

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 5

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 6

270114_ORGANIZANDO UMA PEQUENA REFORMA_PASTA INSPIRACAO_FOTO 7

Como eram fotos que eu tinha salvo há algum tempo, não tenho os créditos delas, mas caso alguma dessas fotos seja sua, por favor me avise para que eu possa colocar os créditos devidos.

Espero que tenham gostado da dica da pasta inspiração e desejo uma ótima semana à todos!

Vantagens e desvantagens de trabalhar em home office

Desde dezembro estou trabalhando full time em home office e hoje vou trazer um pouco da minha experiência em relação as vantagens e desvantagens de trabalhar em casa.

Em primeiro lugar, para mim, a maior vantagem é ter uma liberdade maior para programar minha agenda. Não estou mais presa a um horário de escritório e isso facilita muito quando preciso resolver algo da minha vida pessoal ou quando quero participar de algum evento na minha área.

Outra vantagem é não precisar acordar muito cedo como eu fazia antes. Sou um ser noturno e não gosto de acordar cedo e agora posso acordar de acordo com meu relógio biológico.

Como sou muito disciplinada, a transição para home office foi bem tranquila e por isso não perdi tempo criando novas rotinas, conseguindo executar normalmente as minhas atividades do dia-a-dia, o que é uma outra grande vantagem.

Além disso, como tinha uma estrutura de home office montada em minha casa (porque até então usava essa estrutura para o blog), também não precisei investir muito nesse momento. Lembro que é importante você ter um local apropriado para trabalhar, com uma boa mesma, uma boa cadeira, uma boa iluminação, etc.

Mas nem tudo são flores, não é? Há desvantagens em trabalhar em home office e a maior delas, na minha opinião, é a falta de convivência com outras pessoas e esse é um cuidado que toda pessoa que trabalha em home office deve ter. É importante manter o networking de alguma forma, seja pelas redes sociais, seja em eventos da área profissional, seja utilizando escritórios de coworking.

Outra desvantagem bastante significativa é que você fica mais suscetível a interrupções, sejam elas de familiares, no Skype, Whatsapp ou outras e para isso é necessária muita disciplina e concentração.

Há mais um ponto que merece atenção: o controle dos horários. Trabalhar em home office pode significar, muitas vezes, trabalhar até muito tarde. Para mim isso não é um problema e até prefiro trabalhar a noite (e não de manhã), mas se você está pensando em aderir ao home office, é importante analisar este ponto. Delimitar os horários é fundamental.

Resumindo, trabalhar em home office é muito bom e pode dar muito certo, mas é necessário disciplina, comprometimento e organização.

Desejo à todos um excelente final de semana!!

Não deixe de curtir o blog no Facebook e Instagram! 😉

240114_VANTAGENS E DESVANTAGENS DE TRABALHAR EM HOME OFFICE