Como montar um escritório portátil?

O post de hoje foi ideia do meu irmão. Recentemente ele me enviou esse link que fala sobre um home office portátil.

A prática de trabalhar em diferentes lugares está se difundido no Brasil e não é raro a gente encontrar pessoas trabalhando em cafeterias, restaurantes, praças de alimentação de shoppings, etc. Também não dá para esquecer dos escritórios de coworking que estão se tornando cada vez mais comuns e são uma ótima alternativa para quem quer começar um negócio, mas não quer fazer um alto investimento montando um escritório.

Pensando nisso, resolvi fazer esse post com dicas para montar um escritório portátil.

Em primeiro lugar, o ideal é que tudo seja compacto e que possa ser colocado na mochila, junto com o notebook.

Para os papéis, pensei em uma pasta sanfonada, pois permite armazenar todos os documentos e materiais necessários.

Nessa pasta você poderia guardar bloco de papel (para fazer anotações), folhas de papel A4 (nunca se sabe quando pode ser necessário imprimir algo), folhas timbradas (caso sua empresa tenha), envelopes (se for preciso enviar alguma correspondência pelo Correios, você já estará preparado), pastas L (para guardar documentos), além de outros papeis que podem ser necessários à sua profissão.

Também seria importante separar uma “aba” dessa pasta para guardar os recibos e notas fiscais da empresa, para que possam ser posteriormente contabilizados e/ou arquivados.

Um estojo com o material básico de escritório complementaria esse home office portátil. Nele você poderia colocar canetas, lapiseira, grafite, borracha, corretivo, caneta marca-texto, clips, post-it, extrator de grampo, grampeador, cola, fita adesiva e tesoura.

Se você tem um smartphone, pode incluir nele um aplicativo que digitaliza documentos. Isso pode facilitar muito a vida quando precisamos enviar algum documento por e-mail. Eu uso o “CamScanner” e gosto bastante.

Em tempos de Nota Fiscal eletrônica, nem impressora você precisa, pois mesmo os profissionais que precisam emitir a NF, podem fazer todo o processo via internet e enviar a DANFE por e-mail.

Em todo caso, se você gosta de imprimir os documentos para analisa-los, pode usar uma impressora portátil. Atualmente existem modelos que cabem em uma mochila. O preço não é muito atrativo, mas vale a pena pesquisar.

Com seu notebook, sua agenda e esses materiais, acredito que seria possível trabalhar em qualquer lugar. O que acham? Alguma sugestão para complementar esse escritório portátil?

260813_COMO MONTAR UM ESCRITORIO PORTATIL

Não deixe de curtir o blog no Facebook e Instagram! 😉

Transformando porta-retratos em um organizador de material de escritório

O post de hoje foi inspirado em um vídeo de uma blogueira americana que fala de organização. O vídeo mostrava que a mesa de trabalho dela não tinha gavetas e usou materiais que tinha em casa para montar uma central de armazenamento.

A partir dessa ideia, resolvi montar algo parecido com o que tinha em casa.

Usei um porta-retratos antigo, papel de parede que havia sobrado da reforma da minha bancada de maquiagem (que mostrei nesse post), estilete, tesoura, cola, fita adesiva e régua.

200713_TRANSFORMANDO PORTA-RETRATOS_FOTO 1

O próximo passo foi delimitar o que eu gostaria que ficasse armazenado ali e optei por deixar caneta/lapiseira, um bloco de notas e um espaço para colocar anotações.

Decidido isso, medi os espaços que tinha e montei envelopes com o papel de parede. Um envelope maior para as anotações, um envelope mais alto e estreito para as canetas e um terceiro para o bloco de notas.

Feito isso, medi o vidro do porta-retratos e cortei o papel de parede na medida exata para forrá-lo e, com isso, dar um melhor acabamento.

Depois colei os envelopes nesse forro e, para terminar, coloquei etiquetas para sinalizar o que seria colocado em cada envelope.

O resultado final é esse:

200713_TRANSFORMANDO PORTA-RETRATOS_FOTO 2

O que acharam? Ficou bem prático (principalmente para quem não tem gaveta em sua mesa ou tem pouco espaço de armazenamento) e é muito fácil de fazer. 😉

Transformando armário em escritório

Se você tem um armário em sua casa que é pouco utilizado, que tal utilizá-lo como um escritório?

Duas portas de um guarda-roupas tradicional podem se transformar em um bonito escritório.

Tire proveito do espaço vertical. Remova a barra que serve para pendurar os casacos e mantenha a(s) prateleira(s).

Uma das prateleiras pode ser usada como o tampo de mesa. Caso não tenha, você pode mandar instalar uma placa de MDF e pintá-la de branco ou outra cor de sua preferência.

Papel de parede, ganchos, murais e pranchetas dão o acabamento final.

E aí? O que acharam da ideia?

210613_TRANSFORMANDO ARMARIO EM ESCRITORIO