A vida está esperando por você, só não sabemos até quando!

Sei que já tivemos post “citação” essa semana, mas não podia deixar de dividir esse texto com vocês.

O texto foi escrito para o público feminino, mas pode ser usado pelo público masculino também.

É um daqueles artigos que nos fazem pensar sobre como estamos agindo em relação aos nossos sonhos e objetivos.

O post original você pode encontrar nesse link.

Passamos muito tempo das nossas vidas esperando o “momento certo” para agirmos, para tomarmos alguma atitude.

Esse momento certo é criado e idealizado pelo nosso pensamento, onde definimos um prazo X para finalmente criarmos coragem e AGIRMOS.

Engraçado é que esse momento, muitas vezes, acaba nunca chegando, porque na realidade ele é uma barreira, que te defende, te protege contra o “enfrentar a vida”.

Ok, tudo muito lindo pra você, sente-se confortável e segura, o que no mundo real chama-se ACOMODADA. Mas qual é a realização nisso tudo? Que história você está construindo? Que realizações você está vivendo?

Lembre-se: há certas oportunidades que só vão passar uma vez na sua vida, se você perder não terá outra chance.

Vai deixar a vida simplesmente passar por você, escorrer por entre os dedos? Deixar de viver momentos inesquecíveis?

Sabe quando a sua vida vai mudar?! Quando você decidir que é isso mesmo que quer.

Corra atrás dos seus objetivos, conquiste a vida que você deseja, determine o que você quer e o que você não quer. Chega de deixar a vida te levar para onde ela achar melhor. DECIDA VOCÊ O QUE É MELHOR PARA SUA VIDA.

Momento reflexão: Analise sua vida agora e responda mentalmente. O que você tem e vive agora, foi realmente conquista sua, por méritos próprios?

– O seu trabalho é o que você desejou e escolheu pra você? Você trabalha no que ama? Recebe um salário justo? Foi atrás e conquistou?
Ou algum amigo te chamou para trabalhar com ele? A oportunidade era boa o salário também, você foi. Está num emprego pelo dinheiro, por falta de opção, por medo, por acomodação?

– A sua casa própria, é do jeitinho que você sonhou? Trabalho e conquistou?
Ou era o que tinha, o que seu dinheiro poderia comprar e você abriu mão de tudo que você queria que tivesse e comprou o que deu?

– A sua última viagem de férias, foi pra onde você planejou? Pesquisou e conquistou?
Ou foi para o destino mais barato no pacote da operadora de turismo?

– Seu namorado/marido/companheiro é quem você escolheu? É com ele que você quer viver seus próximos anos de vida? Ele tem as qualidades que você desejou? Você conheceu, lutou e conquistou?
Ou você está com ele porque foi quem apareceu e está com medo de ficar sozinha? Se acha incapaz de conseguir coisa melhor então prefere ficar acomodada num relacionamento que não te faz feliz?

– Sua vida financeira está do jeitinho que você queria, não alcançou a independência financeira, porém está caminhando pra isso?
Ou você está cada dia mais endividada e se enchendo de desculpas para não parar de consumir e assumir o controle das suas finanças?

Você tem escolhido a vida que tem vivido ou simplesmente tem deixado acontecer como dá?!

A vida é sua, essa é a única oportunidade de você escolher como quer vivê-la.

Comece a valorizá-la como deve, ela é preciosa e não deve ser deixada de lado. Não marque mais uma data futura para ser feliz. Hoje e agora é o momento de tudo ser diferente, de você ser feliz de verdade.

Até quando você vai ficar em cima do muro, até quando vai deixar o tempo passar sem assumir o controle da sua vida?

Hoje pode ser menos um dia ou mais um dia em que você perdeu grandes oportunidades, oportunidade de lutar pelos teus sonhos, lutar pelo que você deseja…

Permita-se ser a protagonista da sua vida, permita-se arriscar mais, viva pra valer, viva de verdade, viva intensamente. Seja de verdade, seja intensa… mostre ao mundo o seu potencial, a sua boa energia.

Contagie, acredite, ria, cante, ame, arrisque… Esteja presente no que esta vivendo HOJE e não perca mais tempo de ser feliz.

A única pessoa que vai se arrepender pelo tempo perdido é VOCÊ e arrependimento não é um sentimento legal…

310813_A VIDA ESTA ESPERANDO POR VOCE_SO NAO SABEMOS ATE QUANDO

Organizando Viagens: elaborando o roteiro da viagem

Dando continuidade a série “Organizando Viagens”, vou falar um pouco sobre como elaborar um roteiro de viagem.

Na minha opinião, o primeiro passo é reunir todas as pessoas que viajarão juntas para verificar quais os tipos de locais que cada um quer visitar (algumas pessoas preferem fazer compras, outras preferem visitar museus, etc.).

Definido isso, fica muito mais fácil começar a montar o roteiro para deixar todos felizes.

Em seguida, é hora de fazer pesquisas na internet e encontrar quais os melhores lugares para visitar na(s) cidade(s) para onde você está indo.

Os blogs e os guias de viagem são uma ótima fonte de informação. Você também pode pedir indicações para amigos que já conhecem o local.

Eu costumo usar uma planilha no excel e listar ali as atividades de cada dia (se você quiser, no final do post, tem um link para fazer o download da planilha).

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 1

Quando montamos um roteiro, é muito importante prever os deslocamentos e a localização dos lugares que você quer visitar.

Nesse sentido, um mapa pode ajudar bastante. Marque no mapa os locais que você quer conhecer e monte seu roteiro levando em conta a distância entre eles.

É fato que, em uma viagem, normalmente andamos muito (e esse é um dos prazeres do passeio, porque caminhando pela cidade podemos encontrar lugares incríveis), mas otimizar o roteiro vai possibilitar que você conheça melhor os locais.

Outra dica importante é respeitar as limitações físicas de cada um. Se você vai viajar com pessoas idosas, não dá para querer caminhar vários quilômetros em um só dia; se você vai viajar o dia inteiro, é complicado querer marcar um compromisso para aquela noite e por aí vai.

Para tentar evitar filas verifique se os ingressos dos passeios que você deseja fazer não podem ser comprados antecipadamente pela internet. Isso vai facilitar muito a sua vida. Pode acreditar!!

A planilha abaixo mostra um roteiro que fiz para duas amigas que foram à NY no ano passado e exemplifica um pouco das dicas dadas acima.

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 2

Elas fizeram um voo noturno, então chegaram à NY de manhã (e o check-in era somente às 15:00 horas), então separei alguns lugares para irem que fossem próximos entre si e, também, perto do hotel para poder fazer o check-in na metade da tarde. Além disso, como estariam cansadas, na primeira noite não coloquei nada para a noite (somente um happy hour).

Elas queriam fazer comprinhas, então ficou separado um dia inteiro para ir ao outlet.

Além disso, queriam visitar museus e, também, teve um dia para isso.

Em todos os dias, tentei otimizar o itinerário, para que perdessem o menor tempo possível em deslocamentos.

Concluindo, estudando bem o(s) local(is) para onde você está indo e levando em conta a vontade de todos que irão estar nesse passeio, a viagem tem tudo para ser um sucesso.

Download da planilha aqui:
ORGANIZANDO VIAGENS_ROTEIRO DE VIAGEM

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 3

Como a organização pode facilitar a sua dieta?

Segunda-feira é o dia oficial do início da dieta, não é?

Você sabia que o primeiro passo para ter sucesso na dieta é a organização?

Se a cozinha estiver organizada, fica mais fácil encontrar e preparar os alimentos que você tem em casa.

Se a sua copa ou sala de jantar estiver organizada, sentar à mesa para degustar a refeição será muito mais agradável.

Se a sua agenda estiver organizada, você terá tempo de ir à feira e/ou ao supermercado e preparar refeições saudáveis, além de ter tempo para fazer exercícios.

Que tal começar definindo um cardápio para a semana, incluindo 5 porções diárias de frutas e verduras?

Com o cardápio planejado, você pode elaborar a lista de compras. Sempre que possível, opte por frutas da estação. Além de frescas, são mais baratas.

Nesse post dei mais dicas de como organizar a rotina de compras no supermercado.

Depois das compras, lave e organize os alimentos na geladeira, de forma que fiquem bem visíveis, facilitando o consumo.

Se você tem a opção de almoçar em casa, ótimo! Isso torna mais fácil a manutenção da dieta.

Caso não seja possível, providencie lanches saudáveis para serem ingeridos ao longo do dia.

Quer mais informações para ajudar na sua dieta? Essa matéria da Revista Boa Forma é bem interessante e dá dicas bem legais. Vale a pena ler!

050813_SEGUNDA-FEIRA É O DIA DO INICIO DA DIETA

Lista de desejos

O post de hoje é um misto de dois assuntos muito importantes: finanças e metas.

Muitas vezes, para atingirmos uma meta, precisamos de recursos financeiros, não é?

Se nossa meta é ser fluente em inglês, precisamos fazer um curso de idioma. Se nossa meta é reformar a casa, precisamos de grana para comprar tudo o que é necessário para deixar cada cômodo mais bonito. Mesmo se nossa meta é apenas deixar algo mais organizado, ainda assim precisaremos de dinheiro para adquirir alguns produtos para poder fazer isso.

Desta forma, sempre que pensarmos em nossas metas, é importante listar o que é preciso para atingi-la e quais os recursos financeiros necessários. Isso vai funcionar como uma espécie de lista de desejos (wishlist).

Supondo que minha meta seja fazer uma viagem de réveillon para o Nordeste, minha lista desejos ficaria +/- assim:

020813_LISTA DE DESEJOS_FOTO 1

Como faltam praticamente 5 meses para o réveillon, sei que preciso guardar R$ 370,00 por mês para poder realizar a minha meta.

Sabendo exatamente o que é necessário ($$), é hora de usar a determinação e ter foco para poupar esse valor e poder realizar a viagem (ou qualquer outra meta que você tenha).

É importante ter essa lista de desejos escrita (não basta somente estar na cabeça) e em um lugar de fácil acesso onde possa ser vista constantemente, pois isso ajuda a manter a disciplina e evitar gastos supérfluos.

Esse conceito de lista de desejo pode ser usado para tudo o que você quer, inclusive para aqueles pequenos itens de consumo (ex.: maquiagem, eletrônicos, etc.).

Com foco, organização e objetivo, sempre podemos realizar o que desejamos e comprar o que queremos.

020813_LISTA DE DESEJOS_FOTO 2

Como se organizar para mandar fazer uma roupa sob medida?

Esses dias lá no Ideias de Estilo saiu um post sobre as vantagens de uma roupa feita sob medida, então me ocorreu a ideia de escrever também sobre como se organizar para isso, pois é algo bem diferente de ir até uma loja, escolher e comprar uma peça pronta.

Afinal de contas, apesar de todas as vantagens de uma roupa pensada especialmente para a gente, o processo em si pode se tornar muito estressante caso não sejam observados alguns detalhes.

Assim, caso você tenha interesse em aderir à ideia, eis algumas recomendações de quem, modéstia a parte, já tem uma certa experiência no assunto: 😉

1. O primeiro passo é pensar no modelo e marcar uma hora com a costureira (ou alfaiate). Mesmo que você não tenha certeza de todos os detalhes dele, o importante é entrar em contato com o profissional o quanto antes, principalmente se a roupa é para um evento com data certa, como um casamento, por exemplo.

2. Marcado o horário, continue a pesquisa pelo modelo. Guarde as referências preferidas para mostrar à costureira nesse primeiro contato. Se já tiver um corte de tecido que queira utilizar, leve também.

3. A primeira reunião geralmente serve para tirar as medidas (caso você não seja cliente habitual) e discutir os detalhes do modelo e do prazo para entrega. Também aconselho a, sempre que possível, dar uma pequena margem de segurança entre a entrega da roupa e a data do evento (caso haja um), pois emergências acontecem…
Também é nesse momento em que a costureira dá instruções sobre a metragem de tecido necessária, bem como algum outro material exigido, pois geralmente o cliente é o responsável pela compra. Não confie na sua memória: anote tudo! A metragem, os tecidos indicados para o caimento desejado e qualquer detalhe extra.

4. Se ocorrer alguma dúvida no momento da compra do tecido não hesite: entre em contato com a costureira, pois muitas vezes uma simples ligação pode evitar um grande contratempo na confecção da roupa.

5. Lembre-se que os prazos acertados com o profissional de costura também dependem de você: leve o tecido ao ateliê na data combinada (ou antes!), compareça pontualmente nos horários marcados para as provas, etc.

6. É raro, mas eventualmente você pode ser solicitado à comparecer ao ateliê fora do horário combinado para resolver alguma situação importante e inesperada. Seja solícito e lembre que o interesse também é seu: compareça tão logo seja possível para resolver o assunto junto com o profissional.

7. Por fim: seja claro na comunicação. Está com dúvida? Pergunte! Acha que o modelo ficaria melhor com um leve ajuste? Fale! Tudo isso é essencial para garantir que a roupa fique do jeitinho que você esperava.

Observados esses pequenos detalhes, o processo tem tudo para dar certo e deixar você muito feliz, com uma roupa que terá um caimento perfeito para o seu corpo, independente de altura ou peso: com certeza vale a pena! =)

E com este post o Ideias de Estilo encerra (já com saudades!) este ciclo tão legal de posts na Organizz, pois como a temática da coluna é bem específica os assuntos meio que se esgotaram, ô peninha…

Mas não podia encerrar sem agradecer muito pela confiança e pela oportunidade de escrever nesse espaço com um conteúdo de tanta qualidade e cheio de dicas valiosas para deixar o nosso dia-a-dia melhor.

Um super obrigada para a Organizz e seus leitores! =)

http://ideiasdeestilo.blogspot.com.br/

——————————————————-

Andrea, gostaria de te agradecer imensamente pela colaboração com a Organizz durante esse período e saiba que o blog estará sempre de portas abertas para suas ótimas dicas sobre moda e estilo! Aprendi muito nesses posts!! 😉

Obrigadaaaaa!!!

240713_COMO SE ORGANIZAR PARA MANDAR FAZER ROUPA SOB MEDIDA_PARCERIA BLOG ANDREA

Finanças pessoais: “o começo de tudo”

Recentemente assisti a um evento bem legal sobre educação financeira e decidi dividir com vocês as minhas principais anotações.

A palestra teve formato de bate-papo entre o André Massaro (Você e o Dinheiro – Revista Exame), o Conrado Navarro (Dinheirama), a Monica Saccarelli (Rico.com.vc), a Carolina Sandler (Finanças Femininas) e a Maiara de Moraes (Blog Mulher Rica) e confesso que gostei bastante deste modelo, pois um pode complementar a ideia de outro, tornando o conteúdo mais completo para quem estava assistindo.

Esses foram os principais pontos que anotei:

Todos podem mudar sua vida financeira, para isso é importante definir bem seus objetivos.

Definidos os objetivos, é hora de controlar o orçamento.

Precisamos lembrar que os vendedores, publicitários e profissionais de marketing têm como foco o estímulo do consumo, seja com ferramentas visuais, seja com técnicas psicológicas. Como estamos, a todo o momento, sendo “bombardeados” por propagandas atrativas e vitrines convidativas, é fundamental desenvolver técnicas para frear as compras e, assim, se manter dentro dos objetivos financeiros.

Uma boa dica é ter uma lista do que REALMENTE precisa comprar, limitando-se a adquirir o que estiver na lista.

Antes de comprar alguma roupa, sapato ou bolsa, prove a peça, pois o fato de provar vai ativar seu senso crítico, além disso, é necessário se perguntar se determinado item vai agregar algo com o que você já tem.

Quando estiver fazendo uma compra, analise o que é mais importante: aquela bolsa (ou qualquer item de consumo) ou a viagem de réveillon (ou qualquer que seja seu objetivo maior).

Outra dica importante é criar regras de consumo e criar barreiras.

Um exemplo de regra de consumo é esperar um dia antes de comprar determinado item. Se no dia seguinte você ainda quiser comprá-lo, pode comprar. Isso é importante porque no dia você está emocionalmente envolvido e passadas 24 horas, a emoção passa e fica mais fácil racionalizar determinada compra.

Um exemplo de criação de barreiras é estipular limite de unidades, ou seja, limitar o número de peças que você tem no seu armário, assim, quando for comprar um item novo, vai lembrar que outro deverá ser descartado.

Para ter sucesso financeiro, você tem que aprender a desejar!

Colocar um post-it com o seu objetivo financeiro no cartão de crédito é uma boa dica para frear seus impulsos de consumo.

A sensação do “Eu mereço”, depois de um dia traumatizante, é um perigo para as finanças. Não se deve comprar quando se estiver muito deprimido ou muito eufórico, pois o padrão de consumo está diretamente ligado à como você está se sentindo.

Calcular o salário por hora trabalhada e analisar quantas horas você teria que trabalhar para comprar determinado produto é outra boa dica para controlar os impulsos de consumo.

Os vendedores usam técnicas psicológicas para impulsionar uma compra, assim, fazer um curso de vendas para entender essas técnicas pode blindar você e ajudar na organização financeira.

Em financiamentos, não pensar apenas no valor da parcela e, sim, no valor total a pagar.

Essa pergunta é fundamental no processo de aquisição de determinado item: “Estou comprando uma necessidade ou um status”?

Quando se tem uma escala de prioridades nos objetivos financeiros, fica mais fácil decidir para onde deve ir o dinheiro.

Antes de pensar em começar a investir, é fundamental zerar completamente as dívidas.

Finanças pessoais não é um problema matemático, é um problema psicológico.

A chave da organização financeira é a disciplina, que deve levar a uma mudança de hábito.

Alguns dos pontos abordados na palestra já foram citados anteriormente aqui no blog. Se você quiser relembrar, é só acessar os links a seguir:

* Mantenha anotadas as reais necessidades de seu armário
* Como resistir a uma compra por impulso
* Que tal aproveitar a segunda-feira para começar a sua organização financeira?

220713_PALESTRA FINANCAS PESSOAIS_RICO.COM.VC

Organizando Viagens: Escolhendo o hotel

Agendada a entrevista para o visto americano, chegou a hora de escolher o hotel para essa pequena viagem (para os moradores do sul do país, a melhor opção é agendar o visto em SP, que é o local mais perto). Como minha família precisaria ir a dois locais determinados, resolvi procurar um hotel que ficasse próximo à esses lugares (como renovei meu visto no ano passado, dessa vez fiquei de fora da viagem para SP).

O primeiro passo foi colocar no Google Maps os dois endereços onde eles precisariam ir, para ter uma ideia aproximada de onde poderia procurar hotéis.

Delimitada a área, fica mais fácil saber em qual(is) bairro(s) podemos procurar hotel.

190713_ORGANIZANDO VIAGEM_ESCOLHENDO HOTEL_FOTO 1

Nesse caso, em específico, optei por um hotel que fosse perto do último local aonde eles iriam e o aeroporto e explico o motivo, como no Consulado Americano você não pode levar praticamente nada (equipamentos eletrônicos, bolsa, etc.), isso tudo teria que ficar no hotel e de lá para o aeroporto.

Essa é uma dica importante: quando você for passar o dia inteiro em um determinado local (e não puder levar as malas) e tiver que ir de lá direto para o aeroporto, é importante escolher um hotel que fique no caminho para o aeroporto, pois você pode deixar as malas no maleiro do hotel e só passar lá para pegá-las quando estiver indo para o aeroporto. Isso evita contratempos, principalmente em cidades grandes onde há muito trânsito/engarrafamentos.

Escolhida a área, hora de pesquisar os preços. Há vários sites que podem ajudar nisso e listo abaixo os que gosto mais:

www.hoteis.com (esse é meu preferido, pois consigo bons descontos nas tarifas);

www.tripadvisor.com.br (nunca reservei hotel através deste site, mas gosto muito dele para ver os comentários sobre os hotéis);

www.booking.com (outro site muito bom para reserva de hotel);

www.accorhotels.com.br (se você quiser optar por hotéis como Ibis e Mercure, você deve acessar diretamente o site da rede Accor).

Também vale pedir indicações para amigos ou pessoas que conhecem bem a cidade, assim como consultar blog de viagens.

Reservado o hotel e tudo pronto, é só relaxar e aproveitar a viagem!

Se você, assim como eu, adora tecnologia, você pode usar o aplicativo Tripit para registrar todas as informações da viagem e concentrar tudo em um único local. Fácil e prático!

Esse post não é publieditorial e as empresas citadas aqui só o foram pois realmente uso esses sites em minhas viagens.

190713_ORGANIZANDO VIAGEM_ESCOLHENDO HOTEL_FOTO 2