Organizando Viagens: o que fazer no tempo em que você está no avião?

Há algum tempo atrás, a Andrea, do blog Ideias de Estilo, me deu algumas sugestões de post e uma delas é justamente o assunto de hoje.

Alguns voos internacionais podem demorar até 14/16 horas e, fica a pergunta, o que fazer com todo esse tempo livre?

É claro que, quem consegue, pode e deve aproveitar e dormir o voo inteiro (principalmente se for um voo noturno)!

Para aqueles que (assim como eu 🙁 ) não têm essa opção, pode-se aproveitar para várias coisas, entre elas:

– Se você estiver levando seu notebook, pode aproveitar e responder seus e-mails pendentes e/ou, até mesmo, reorganizar as suas pastas de e-mail. É fundamental sincronizar as mensagens no Outlook/Windows Live Mail antes de embarcar e sincronizar novamente quando você chegar ao seu destino.

– Você pode aproveitar e organizar a sua agenda. Verificar todos os seus compromissos e tarefas pendentes e reorganizá-los de acordo com suas prioridades e/ou disponibilidade.

– Você pode analisar as suas notas e projetos do Evernote. Apagar o que não é mais necessário, reorganizar as notas e cadernos, elaborar checklist de novos projetos, verificar as pendências, etc.

– Adiantar tarefas que possam ser feitas sem a necessidade da internet (textos, planilhas, relatórios, etc.).

– Colocar a leitura em dia. Eu, pessoalmente, tinha 4 livros baixados no iPad e que ainda não havia conseguido terminar de ler. No último voo consegui reduzir esse número para 3. \o/

Lembre-se de alternar as atividades durante o voo para que não fiquei muito cansativo! Assistir um filme ajuda muito nesses períodos entre tarefas. 😉

240414_ORGANIZANDO VIAGEM_O QUE FAZER NO AVIAO

Organizando Viagens: check-list viagem internacional

Ontem dei algumas dicas para arrumar a mala e, à noite, lendo o post novamente, percebi o quão ele ficou extenso. 🙁

Decidi, então, fazer um check-list para ajudar nessa tarefa.

Optei por fazer a planilha baseada em uma viagem internacional, pois fica mais completo. Caso a sua viagem seja nacional, descarte aqueles itens que não são necessários para seu passeio.

Esse check-list é apenas uma sugestão. Esteja à vontade para acrescentar ou retirar qualquer item.

Você pode fazer o download da planilha no link abaixo:
CHECK-LIST VIAGEM INTERNACIONAL

Não deixe de curtir o blog no Facebook e Instagram! 😉

300813_CHECK-LIST VIAGEM INTERNACIONAL

Organizando Viagens: arrumando a mala

Esta é uma das últimas etapas na organização da viagem e, também, uma das mais importantes e que merece muita atenção.

Acho que a primeira coisa a fazer é verificar a previsão do tempo no seu local de destino. Com essa informação fica mais fácil e prático escolher o que você vai levar.

O próximo passo é escolher o tipo de mala. Eu, particularmente, gosto daquelas que abrem no meio, porque acho que dá para organizar melhor, mas independente do tipo, é importante que seja um modelo que tenha as laterais rígidas, pois as roupas ficam mais bem acondicionadas e amassam menos. Sempre que possível opte por malas com rodinhas, elas facilitam muito a vida do turista.

290813_ORGANIZANDO VIAGENS_ARRUMANDO A MALA_FOTO 1

Em seguida, é hora de escolher as roupas que serão levadas na mala e o ideal é que as peças combinem entre si para poder diversificar os looks. Como não sou especialista nesse assunto, deixo abaixo dois posts do Blog Ideias de Estilo que falam muito bem sobre a arte de escolher as peças certas quando arrumamos a mala:
Turistando com estilo e conforto: nem só de moletom e tênis vive a pessoa de férias!
Versatilizando a mala de viagem com a meia-calça opaca!

O roteiro da viagem também pode dar dicas de que tipo de roupa você precisa levar. Analise-o e separe as roupas apropriadas para cada atividade que você colocou no roteiro.

Agora é hora de organizar tudo na mala. Em primeiro lugar, coloque as calças jeans e as roupas mais pesadas (que amassam menos). Aqui uma regra importante é que quanto mais pesada for a roupa, mais por baixo da mala ela deve ficar.

Deixe as pernas das calças para fora e vá preenchendo esse meio com roupas mais leves. Quando terminar de colocar todas as peças, dobre as pernas das calças por cima de tudo.

290813_ORGANIZANDO VIAGENS_ARRUMANDO A MALA_FOTO 2

As roupas íntimas, cintos e echarpes podem ser colocados nos vãos livres. As meias ficam super bem acomodadas dentro dos sapatos e estes podem ser encaixados nas laterais da mala.

Não esqueça de levar uma sacola para colocar as roupas sujas.

Os produtos de higiene, maquiagem e bijuterias podem ser levados em necessaires. Dê preferência para as embalagens menores e, no caso de líquidos, acomode-os em sacos plásticos (tipo ziploc), pois caso ocorra algum vazamento, não vai sujar os demais produtos. Você também pode lacrar o frasco com filme plástico.

290813_ORGANIZANDO VIAGENS_ARRUMANDO A MALA_FOTO 3

Na sua mala de mão leve aqueles itens mais importantes: passagens, documento necessário para o embarque, óculos, remédios, uma pequena necessaire com os produtos que você mais usa, câmera fotográfica, notebook, tablet, além de objetos de valor (jóias, dinheiro, etc.).

Lembre-se que em viagens de avião, há restrição de líquidos e o máximo permitido por embalagem é de 100 ml. Os frascos devem estar acomodados em uma embalagem plástica transparente e vedada, com capacidade máxima de 1 litro e tamanho máximo de 20 cm x 20 cm.

290813_ORGANIZANDO VIAGENS_ARRUMANDO A MALA_FOTO 4

Em viagens internacionais, outra boa dica é levar, na mala de mão, roupa para 1 ou 2 dias (quem já teve mala extraviada, sabe como isso é importante).

Quando arrumamos a mala para uma viagem que será feita de avião, é importante lembrar do peso máximo permitido (para não ter dor de cabeça e prejuízo pagando excesso de bagagem). Em voos nacionais normalmente as companhias aéreas permitem 2 volumes de 23 kgs e nas viagens internacionais, 2 volumes de 32 kgs. Para ter certeza, entre em contato com a sua companhia áerea antes de começar a arrumar as malas.

É importante também sinalizar sua mala de alguma forma, seja com fitinhas, seja com adesivos ou outro item que ajude você a diferenciá-la das demais (principalmente se a sua mala for preta). Também coloque uma etiqueta com seu nome e telefone, pois caso aconteça algum imprevisto, fica mais fácil entrar em contato com você.

Com esses cuidados sua mala ficará organizada e você poderá aproveitar muito sua viagem!

Organizando Viagens: aproveitando os benefícios do cartão de crédito

O post de hoje foi uma sugestão da Andrea (do blog Ideias de Estilo). Ela me lembrou dos benefícios que as administradoras de cartão de crédito disponibilizam para seus clientes em viagens e hoje o post é dedicado à esse assunto.

Alguns tipos de cartões de crédito oferecem à seus titulares e ao cônjuge (algumas vezes, também, aos filhos menores de 21 ou 23 anos – dependendo da administradora), os mais variados serviços durante uma viagem e destaco abaixo os que acho mais interessante:

Seguro saúde
Quando a passagem é paga integralmente com seu cartão de crédito, você pode solicitar a cobertura do seguro saúde da administradora do cartão. A cobertura se aplica desde o momento do embarque, durante a viagem e até o momento do desembarque na volta da viagem.
Para ter direito ao seguro, antes da viagem, você deve ligar para a administradora do cartão e solicitar o benefício.
É importante verificar se as coberturas do seguro oferecido pelo cartão são suficientes para você. Pessoas idosas e/ou com doenças pré-existentes devem atentar para isso, pois precisam adequar corretamente os valores de cobertura ao seu perfil (nunca se sabe o que pode acontecer, não é?).
Lembre-se, também, que vários países da Europa exigem um seguro com cobertura de, no mínimo, 30.000 euros.

Seguro locação de veículos
Quando você usa seu cartão para pagar o aluguel de um carro, algumas administradoras disponibilizam um seguro para o cliente. Para ter direito a esta cobertura, você deve recusar a opção de Isenção de Responsabilidade em Caso de Danos por Colisão (CDW/LDW) ou cobertura similar oferecida pela locadora no contrato de aluguel do automóvel e observar as demais condições da apólice de seguro.
Nesse caso, o ideal é ligar para a Central de Atendimento do seu cartão e se informar sobre todas as cláusulas que deverão ser cumpridas para ter direito ao seguro.

Serviço de substituição emergencial do cartão
Caso seu cartão seja roubado ou extraviado, a administradora deve ser informada para que seu cartão antigo seja bloqueado e um novo é entregue à você em até 1 dia útil.

Assistência em caso de extravio de bagagem
Caso sua bagagem seja extraviada, a administradora do cartão envia à você um kit com produtos essenciais além de providenciar um saque emergencial para que você possa fazer as compras necessárias até que sua mala seja encontrada.

Concierge
A administradora tem um serviço especializado que você pode requisitar para auxílio na compra de ingressos, reservas de mesas em restaurantes, confirmação de voos, etc. Lembro que, nesse caso, somente o serviço deles está incluído, as demais despesas são pagas por você.

Sala VIP
Alguns aeroportos contam com sala VIP das administradoras de cartão de crédito e elas podem ser utilizadas pelos clientes enquanto estiverem aguardando seus voos.

Para saber exatamente quais serviços seu cartão disponibiliza, o ideal é entrar em contato com a Central de Atendimento e, assim, poder aproveitar todos os benefícios!

Não deixe de curtir o blog no Facebook e Instagram! 😉

210813_ORGANIZANDO VIAGENS_BENEFICIOS CARTAO DE CREDITO

Organizando Viagens: elaborando o roteiro da viagem

Dando continuidade a série “Organizando Viagens”, vou falar um pouco sobre como elaborar um roteiro de viagem.

Na minha opinião, o primeiro passo é reunir todas as pessoas que viajarão juntas para verificar quais os tipos de locais que cada um quer visitar (algumas pessoas preferem fazer compras, outras preferem visitar museus, etc.).

Definido isso, fica muito mais fácil começar a montar o roteiro para deixar todos felizes.

Em seguida, é hora de fazer pesquisas na internet e encontrar quais os melhores lugares para visitar na(s) cidade(s) para onde você está indo.

Os blogs e os guias de viagem são uma ótima fonte de informação. Você também pode pedir indicações para amigos que já conhecem o local.

Eu costumo usar uma planilha no excel e listar ali as atividades de cada dia (se você quiser, no final do post, tem um link para fazer o download da planilha).

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 1

Quando montamos um roteiro, é muito importante prever os deslocamentos e a localização dos lugares que você quer visitar.

Nesse sentido, um mapa pode ajudar bastante. Marque no mapa os locais que você quer conhecer e monte seu roteiro levando em conta a distância entre eles.

É fato que, em uma viagem, normalmente andamos muito (e esse é um dos prazeres do passeio, porque caminhando pela cidade podemos encontrar lugares incríveis), mas otimizar o roteiro vai possibilitar que você conheça melhor os locais.

Outra dica importante é respeitar as limitações físicas de cada um. Se você vai viajar com pessoas idosas, não dá para querer caminhar vários quilômetros em um só dia; se você vai viajar o dia inteiro, é complicado querer marcar um compromisso para aquela noite e por aí vai.

Para tentar evitar filas verifique se os ingressos dos passeios que você deseja fazer não podem ser comprados antecipadamente pela internet. Isso vai facilitar muito a sua vida. Pode acreditar!!

A planilha abaixo mostra um roteiro que fiz para duas amigas que foram à NY no ano passado e exemplifica um pouco das dicas dadas acima.

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 2

Elas fizeram um voo noturno, então chegaram à NY de manhã (e o check-in era somente às 15:00 horas), então separei alguns lugares para irem que fossem próximos entre si e, também, perto do hotel para poder fazer o check-in na metade da tarde. Além disso, como estariam cansadas, na primeira noite não coloquei nada para a noite (somente um happy hour).

Elas queriam fazer comprinhas, então ficou separado um dia inteiro para ir ao outlet.

Além disso, queriam visitar museus e, também, teve um dia para isso.

Em todos os dias, tentei otimizar o itinerário, para que perdessem o menor tempo possível em deslocamentos.

Concluindo, estudando bem o(s) local(is) para onde você está indo e levando em conta a vontade de todos que irão estar nesse passeio, a viagem tem tudo para ser um sucesso.

Download da planilha aqui:
ORGANIZANDO VIAGENS_ROTEIRO DE VIAGEM

160813_ORGANIZANDO VIAGENS_ELABORANDO O ROTEIRO DA VIAGEM_FOTO 3

Sobre salão de beleza em dia de festa: agora em outra cidade

Seguindo com a temática de festas de casamento, que começou na semana passada, agora a dica é para se organizar para ficar linda também quando o evento for em outra cidade.

A situação é comum: volta e meia aparece um convite para casamento de familiares e amigos em outra cidade, onde muitas vezes não conhecemos nenhum profissional.

Em primeiro lugar, se a festa for em uma cidade próxima ou que envolva uma viagem curta (uma hora de avião, por exemplo), lembre-se que há sempre a possibilidade de se arrumar na sua cidade, com os profissionais que você já está habituada, viajar até a cidade onde se realizará o casamento e lá finalizar os preparativos. Às vezes é uma solução bem mais simples do que movimentar toda uma estrutura em uma cidade estranha.

Porém, quando isso for inviável, aqui vão algumas ideias para facilitar essa tarefa:

1. Assim que receber o convite e decidir que vai se arrumar em salão, verifique imediatamente o local do evento e decida o local onde vai se hospedar: isso facilita na busca por profissionais que atendam nas imediações e, por via de consequência, sua locomoção.
Às vezes a família dos noivos já tem inclusive hotéis para indicar para os convidados de outras cidade e sugestões de salões de beleza próximos, então sempre vale conversar com eles antes de iniciar a pesquisa.

2. Visto isso, converse com os profissionais de sua cidade para saber se eles têm alguma indicação para lhe dar, pois é possível que eles conheçam algum bom estabelecimento no seu local de destino. Ah sim, perguntar para as amigas também vale!

3. Se sua busca não der resultados, você pode também pedir ajuda para os familiares dos noivos. Apenas um detalhe: a não ser que você tenha muita intimidade (ou que ela se ofereça para lhe ajudar com isso) procure poupar a noiva, pois ela já terá muito com o que se preocupar nas vésperas do casamento…
O noivo tem uma irmã? Ótimo! Está aí alguém que poderá lhe ajudar a procurar um bom profissional e com certeza estará menos ansiosa que a noiva com os preparativos finais da festa. =)

4. Pode acontecer ainda de os noivos providenciarem uma pequena equipe de profissionais para atender a noiva, mães, madrinhas e algumas convidadas mais próximas (quando o casamento for celebrado em um hotel, por exemplo).
Nesse caso, caso lhe seja oferecida essa comodidade, lembre-se que a prioridade é a noiva, seguida das mães dos noivos e suas madrinhas. Assim, seja elegante: marque o horário que estiver disponível e seja absolutamente pontual, para não atrasar os demais atendimentos.

5. Mas, se você quer fazer uma busca independente, a internet está aí pra isso. Sempre lembrando que com redes grandes de estabelecimentos você tem mais chances de encontrar um profissional com boa qualificação. Aliás, considerando que você não conhece as habilidades de quem vai lhe atender, pode ser interessante optar por serviços simples e não tão elaborados, pois assim há menos chance de não ficar do seu agrado: menos é mais!
Além disso, pense que os salões localizados nos shoppings também são uma ótima pedida, pois além de serem de fácil acesso, você pode ainda aproveitar para fazer um lanchinho e, para quem estiver acompanhada, o marido/noivo/namorado poderá se distrair pelas lojas enquanto você se arruma. 😉

Aí, com essa etapa resolvida, é só voltar para o hotel, terminar de se aprontar e curtir muito a festa com seus amigos ou familiares, que com certeza se sentirão muito prestigiados e felizes com sua presença!

http://ideiasdeestilo.blogspot.com.br/

hoje

Recebendo hóspedes

Vai receber um hóspede no final de semana?

Hoje vamos dar algumas dicas para receber da melhor forma o seu hóspede:

O primeiro passo é definir onde seu hóspede irá dormir. Definido isso, é hora de trocar a roupa de cama e organizar o quarto para receber bem o seu amigo ou familiar.

É importante guardar todos os objetos pessoais e deixar espaço no armário para que seu hóspede possa guardar seus pertences, principalmente se ele irá ficar vários dias em sua casa.

Caso a cidade que você mora seja mais fria, vale deixar um cobertor extra no armário.

Se vocês forem realizar refeições em casa, é primordial verificar se seu hóspede tem alguma restrição alimentar (intolerância a glúten, lactose, etc.) e procurar adquirir produtos que possam ser consumidos tranquilamente por ele.

A organização de um roteiro de atividades pode facilitar o dia a dia enquanto seu visitante estiver na sua casa. Dê prioridade por passeios que ele possa fazer sozinho, pois pode surgir um imprevisto, impedindo que você o acompanhe.

Se você quiser mostrar atenção especial, que tal preparar um kit boas vindas, com chocolate, um bom vinho, DVD’s e revistas?

Além disso, você pode preparar uma pequena necessaire com itens como escova de dente, creme dental, fio dental, sabonete líquido e desodorante, etc. Seu hóspede vai agradecer a atenção, principalmente se chegar cansado de viagem!

260413_RECEBENDO HOSPEDES